07 março 2017

A 4 de março, a Enoteca de Redondo acolheu o Fado como seu, como nosso.

​No dia 4 de março, a Enoteca de Redondo voltou a receber mais uma noite de fados reafirmando-se como uma referência regional...

​No dia 4 de março, a enoteca de Redondo voltou a receber mais uma noite de fados reafirmando-se como uma referência regional na preservação e promoção do mais reconhecido género musical português, acolhendo o Fado como seu, como nosso.

Maria dos Santos e Pedro Calado aceitaram o convite para darem voz a um espetáculo que, à semelhança de muitos outros, esgotou a lotação da sala. Com Joel coelho na guitarra portuguesa e Edgar Baleizão na viola de fado, esta noite de fados redondense incidiu sobre o fado tradicional apresentando alguns dos temas mais reconhecidos colhendo a atenção e aplausos do público.

Naquela que foi a primeira noite de fados de 2017, a Enoteca de Redondo demonstrou mais uma vez reunir uma combinação perfeita de fatores desde o aspeto tradicional que a caracteriza ao intimismo que lhe é reconhecido pelos artistas e respetivo público.

Também no âmbito do Fado, e por ocasião do Dia Internacional da Mulher, o Município de Redondo apresenta no próximo dia 8 de março o concerto de Diamantina que traz até nós o seu último trabalho “Com Tributo”, no Centro Cultural de Redondo.


Consulte as fotos aqui