11 junho 2015

A Barraca e Molière no 9º aniversário do CCR

No dia 9 de junho, o Centro Cultural de Redondo assinalou o seu nono aniversário apresentando Tartufo

 

No dia 9 de junho, o Centro Cultural de Redondo assinalou o seu nono aniversário apresentando Tartufo, uma adaptação da obra intemporal de Molière levada ao palco pela companhia de teatro “A Barraca”.

Com início às 21h30, a sala abria as portas a esta magnífica comédia que tem em Tartufo, homem temente a Deus mas verdadeiramente fiel ao dinheiro, o seu epicentro. Convidado a integrar a família Orgon, o falso devoto manipula tudo e todos em proveito próprio dando seguimento ao plano que havia traçado com Lourenço, parceiro no embuste. Mas eis que nem tudo corre como previsto e o pecado leva a melhor.

Com lotação esgotada, “Tartufo” cativou pela simplicidade do enredo e pela exímia interpretação do elenco que facilmente despertava os risos e gargalhadas do público. Do patriarca Orgon interpretado pelo célebre João Maria Pinto, ao protagonista Ruben Garcia, passando pela incontornável Maria do Céu Guerra esta peça onde abunda o pecado revelou-se impecável.

Com o palco dividido em quatro cenas distintas esta produção d’ A Barraca surpreendeu quer pelos cenários, pelos figurinos e pela banda sonora que no seu todo constituíram uma refrescante abordagem à obra de Molière.

Consulte as fotos aqui