17 novembro 2015

Apresentação do Livro “Arte Sacra no Concelho de Redondo”

No dia 12 de novembro, a Enoteca de Redondo recebeu a apresentação do livro "Arte Sacra no Concelho de Redondo"

​A Fundação Eugénio de Almeida em colaboração com a Arquidiocese de Évora desenvolveu projeto que, durante 12 anos efetuou o levantamento, estudo e catalogação do património artístico diocesano.

Este projeto permite conhecer um património muito importante do ponto de vista devocional, artístico, histórico e cultural através da inventariação dos acervos religiosos de 158 paróquias localizadas em 24 concelhos, num total de cerca de 24.844 peças, 31.176 documentos e 155.808 imagens.

No que respeita ao Concelho de Redondo, este trabalho culminou com a apresentação de livro que apresenta as peças resultantes do levantamento, estudo e catalogação do património artístico disperso por instituições religiosas do Concelho, entre as quais se destaca a que figura na capa da publicação, uma escultura de alabastro em alto-relevo policromado, do século XV,  que representa a “Adoração dos Reis Magos”. A peça, associada à produção das oficinas inglesas que floresceram nos séculos XIV/ XV na região de Nottingham, distingue-se imediatamente de outras pelo tipo de caracterização das figuras ou na disposição e escala de São José, sentado defronte da Virgem com o Menino ao colo.

Na sessão de lançamento que teve lugar na Enoteca de Redondo, estiveram presentes o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Redondo, António José Matos Recto, que na qualidade de anfitrião, abriu a mesa de honra e agradeceu a presença de todos quantos quiseram testemunhar esta iniciativa impar, ressalvando a importância e a generosidade do que este legado representa para o concelho de Redondo, no merecido destaque Institucional da FEA e da Arquidiocese de Évora.

Usaram ainda da palavra, nas considerações e explicações que lhe estavam implícitas, o Sr. Presidente do Conselho de Administração da Fundação Eugénio de Almeida, Cónego Dr. Eduardo Pereira da Silva, o Sr. Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Redondo, Dr. João Cardoso Azaruja e o Sr. Dr. Artur Goulart, na qualidade de coordenador científico do projeto.


Esta iniciativa contou ainda com apontamento musical a cargo das Cantadeiras de Redondo , encerrando-se a mesma com um Cartuxa de honra acompanhado pelos magníficos queijos e enchidos de Redondo.

Consulte as fotos aqui