07 dezembro 2018

Câmara Municipal de Redondo dedicou dia ao Mel

A Câmara Municipal de Redondo em parceria com a APIS Redondo, organizou pela primeira vez, no dia 1 de dezembro o dia do Mel ...

​“ A Câmara Municipal de Redondo em parceria com a APIS Redondo, organizou pela primeira vez, no dia 1 de dezembro o dia do Mel. Este evento teve o seu início pelas 8h da manhã inserido no evento “Aromas, Cores, Saberes e Sabores” que decorre no mercado municipal, onde estiveram presentes 6 produtores de mel que fazem parte desta recente associação, para promoverem e darem a degustar os vários tipos de méis.

Ao início da tarde após a receção aos produtores de mel na Enoteca de Redondo, deu-se lugar à palestra com a Eng.ª Dulce Alves, intitulada “O Mel e as suas características”, seguida de animação musical a cargo das Moças do Canto.

Por volta das 18:30h deu-se início ao 1º Concurso de Mel, com 7 amostras de mel de rosmaninho e 8 de mel multifloral. O júri composto por 4 elementos - Engª Dulce Alves, a Dr.ª Maria José Valério, Sr. Érico Marques, Sr. Joaquim Pífano - procedeu à seleção na qual entregues os três primeiros lugares na categoria de mel de rosmaninho e mel multifloral. No entanto, o júri ali presente fez questão de elogiar todos os méis a concurso neste que foi a primeira edição aqui no concelho de Redondo.

O Presidente da Câmara, António Recto e o Vereador, José Portel entregaram aos três primeiros lugares nas duas categorias ali presentes. Assim:

• na categoria de mel de rosmaninho em 3º lugar - Mel Serra d’ Ossa de Manuel Calado, em 2º lugar - Manuel José Ramalho, Mel Lucefecit e em 1º Lugar - Ana Serrenho, Apismonte.

• Na categoria de mel multifloral em 3º lugar - João Gaspar -ApiSpring, em 2º lugar - Paulo Tainhos – Mina Mel e em 1º lugar - Manuel José Ramalho - Mel Lucefecit.

O Presidente da Câmara Municipal de Redondo enalteceu o fato de apesar de ser uma associação jovem ter já organizado e promovido, por duas vezes, eventos aqui no Concelho de Redondo, valorizando este produto que era já comercializado no tempo dos almocreves pelo país fora apregoando “…mel, água-mel e penicos de barro…”


Consulte aqui as fotos