08 abril 2015

Festival Internacional de Dança Contemporânea

Redondo acolhe o Festival Internacional de Dança Contemporânea nos dias 11 de abril e 2 de maio.

​Encontra-se a decorrer a 16º edição do Festival Internacional de Dança Contemporânea (FIDANC) que este ano reúne os concelhos de Redondo, Évora, Estremoz e Beja. Este festival, da responsabilidade da Companhia de Dança Contemporânea de Évora (CDCE), convida a 16 espetáculos de sete criadores nacionais e estrangeiros, de 4 de abril a 9 de maio.


Assim, mais concretamente nos dias 11 de abril e 2 de maio Redondo recebe dois espetáculos integrados no FIDANC contribuindo para a descentralização e disseminação do evento aliando esforços na prossecução do objetivo da CDCE de “abrir horizontes na região para a prática da dança contemporânea”.


A 11 de abril no auditório do Centro Cultural de Redondo (CCR), às 21h30, a obra da italiana Costanza Givone  marca o arranque desta extensão do FIDANC  com   Salomè, Ha Perso il Lume, uma produção inspirada na história de Salomé sobre a perda de si mesma.


Já no dia 2 de maio, o FIDANC convida a duas criações que cruzam o universo de expressão ibérica. Os Intervalos do Eco de Emílio J. Cervelló e Perpétuo Agora, de Gonçalo Andrade, no auditório do CCR, às 21h30.