26 janeiro 2016

Programa CLDS Redondo

Com a finalidade de promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.

​O Ministério da Solidariedade, Emprego e Segurança Social, através da Portaria n.º 179-B/2015 de 17 de junho, criou o Programa de Contratos Locais de Desenvolvimento Social (Programa CLDS) regulado pela Portaria n.º 396/2007 de 2 de abril, com alterações introduzidas pela Portaria n.º 285/2008, de 10 de abril, com a finalidade originária de promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, por forma a combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos. No âmbito do Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) a que Portugal esteve sujeito, alguns instrumentos de política pública foram ajustados de modo a ir de encontro às necessidades concretas das pessoas e territórios. Nesse âmbito e considerando a importância dos CLDS como instrumento de política social de proximidade, foi criada uma nova vaga de CLDS, os CLDS+, adequando os seus instrumentos de intervenção às circunstâncias do país, num modelo que atribuiu um maior enfoque aos territórios afetados pela interioridade e desemprego e territórios marcados por situações críticas de pobreza em especial a pobreza infantil.


Designado “Gerar Evolução – CLDS 3G – Redondo”, tem como parceiros/promotores o Centro Infantil Nª Srª da Saúde enquanto entidade coordenadora e a Cruz Vermelha Portuguesa – delegação de Redondo, na qualidade de entidade executora.

O “ Gerar Evolução-CLDS 3G –Redondo, irá decorrer entre Dezembro de 2015 e Novembro de 2018 e tem como finalidade promover a inclusão social dos cidadãos do concelho de Redondo por meio da execução de ações que visem o combate à pobreza e à exclusão social.

Com este programa pretende-se:

- Promover a inclusão social dos cidadãos de forma multissectorial e integrada através de estruturas/atividades que fomentem o crescimento dos níveis de empregabilidade e o combate a situações críticas de pobreza;

- Promover o desenvolvimento de instrumentos facilitadores da mobilidade das pessoas e do seu acesso a serviços de utilidade pública, reduzindo o isolamento e a exclusão social;

- Promover a concretização de medidas tendentes à inclusão ativa das pessoas com deficiência e incapacidade;

- Promover o desenvolvimento de instrumentos capacitadores das instituições da Economia Social através da implementação de serviços partilhados que permitam uma maior racionalidade de recursos e a eficácia de gestão;

- Promover a criação de circuitos de produção, divulgação e comercialização de produtos locais e/ou regionais de modo a potenciar o território e a empregabilidade.

Decorrerá no próximo dia 1 de Fevereiro, na Sala de Sessões da Assembleia Municipal de Redondo, a apresentação pública do Gerar Evolução - CLDS 3G - Redondo.


O programa da sessão será o seguinte:

9:30 - Acolhimento

10:00 - Sessão de Abertura

- Sónia Ramos - Diretora do Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Évora

- Ana Esteves Pinto - Presidente do Centro Infantil Nossa Senhora da Saúde de Redondo

- Eduardo Almeida - Presidente da Direção da Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Redondo

- António Recto - Presidente da Câmara Municipal de Redondo

-10:45 - Pausa para Café

-11:00 - Apresentação do Gerar Evolução - CLDS 3G - Redondo

- Equipa Técnica do Projeto


A iniciativa será aberta a todos quantos nela queiram participar.